Curva ABC, o que é?

A gestão de estoque é, de fato, um desafio para a maioria das empresas. Então, como gerenciar de maneira eficiente e eficaz? Como saber quais são os produtos mais vendidos? Como identificar os produtos com baixa saída? Estas e entre outras questões quando respondidas trazem um feedback real da situação do estoque da empresa para seus gestores. Para isto, existem algumas ferramentas e estratégias disponíveis no mercado, entre elas destaca-se a Curva ABC.

A Curva ABC conhecida também como Teorema de Pareto 80-20, no qual é definido que 80% dos resultados são obtidos por meio de 20% de suas causas, é uma das estratégias mais utilizadas em logística. Resumidamente, Curva ABC é um método de classificação e agrupamento de itens em três categorias: A, B e C.

A vantagem competitiva de se utilizar este método é que por meio dele é possível empregar melhor seu capital de giro, ou seja, investir em produtos que tragam mais lucros para a empresa, o setor de compras irá fazer aquisições mais assertivas, o estoque estará de acordo com a real demanda e necessidade da empresa.

Voltando a definição da Curva ABC, as classificações são feitas basicamente da seguinte maneira:

  • Classificação A: Os itens da classe A são considerados os mais importantes para a empresa e representam, em média, 20% dos itens.
  • Classificação B: São os itens de importância intermediária, e representam em torno de 30% dos itens.
  • Classificação C: Embora representem a maior parte dos itens, em média de 50%, retratam pouca relevância para as receitas da empresa.

Como implementar a Curva ABC?

Muitos gestores utilização planilhas eletrônicas para organizar a Curva ABC. No entanto, automatizar este processo é uma prática mais ágil e confiável. Em nosso sistema, existem relatórios automatizados para essa configuração.

Relatórios Curva ABC – Grid ERP

Posts Relacionados

Teste gratuito!

Teste nosso sistema de forma gratuita por até 5 dias! Entre em contato conosco e receba o acesso.

Contate-nos!